Novidades

 


Geraldo Jr. é reeleito para terceiro mandato como presidente da Câmara de Salvador


O presidente da Câmara de Vereadores, Geraldo Júnior (MDB), foi reeleito, na tarde desta terça-feira (29), para o terceiro mandato. A votação foi presidida pelo vereador Edvaldo Brito (PSD). Foram 35 votos a favor, e quatro abstenções.

A chapa completa ficou da seguinte forma: Geraldo Júnior (presidente), do MDB, Carlos Muniz (1º vice), do PTB, Cátia Rodrigues (2ª vice), do União Brasil, e Sabá (3º vice), do DC.

Os secretários serão: Isnard Araújo (PL), Ricardo Almeida (PSC), Téo Senna (PSDB) e Átila do Congo (Patriota). O corregedor é Alexandre Aleluia (PL), e o ouvidor Augusto Vasconcelos (PCdob). Os suplentes dos vice-presidentes Marcelo Maia (PMN) e Ireuda Silva (Republicanos). Já os suplente de secretários serão Fábio Souza (SD) e Hélio Ferreira (PCdoB).


Críticas

Geraldo Júnior foi reeleito após alterar a Lei Orgânica do Município. Antes da mudança, a legislação só permitia que o chefe da Câmara de Vereadores fosse reeleito em legislaturas diferentes. Agora, é possível a recondução na mesma legislatura.

O vereador Cláudio Tinoco (União Brasil) criticou a votação e chamou de “irregular”. Para ele, se o Supremo Tribunal Federal (STF) proíbe a reeleição na mesma legislatura para Câmara dos Deputados e o Senado, o entendimento também vale para a Câmara de Vereadores.

Novo vice-presidente da Casa, Muniz defendeu a eleição de Geraldo Jr. “Não tem irregularidade nenhuma, porque todas as convocações foram feitas.Desde a semana passada, houve as votações. As pessoas, às vezes, por não participar da chapa, com algum problema, querem dar desculpa”, disse ele ao bahia.ba.




*Bahia.Ba

Nenhum comentário