Novidades

 


Governo publica saída de Milton Ribeiro, ministro da Educação de Jair Bolsonaro


Numa edição extra do "Diário Oficial da União", o governo federal do Brasil anunciou nesta segunda-feira (28) a saída de Milton Ribeiro, ministro da Educação. Ele foi o quarto a deixar o cargo no governo Jair Bolsonaro.

Pastor presbiteriano e professor, Ribeiro estava no posto desde julho de 2021, e solicitou exoneração nesta segunda após se reunir com o presidente. Ele pede para deixar o cargo após um suposto esquema de favorecimento de pastores na distribuição de verbas do ministério serem divulgados. Ele negou as acusações.

Em um áudio gravado durante reunião com prefeitos, o então ministro da Educação afirmou que repassa verbas para municípios indicados por dois pastores a pedido de Bolsonaro.

O áudio da reunião foi divulgador pelo jornal "Folha de S.Paulo", que revelou o conteúdo da fala de Milton Ribeiro no dia 21 de março. Na semana passada, o jornal "O Estado de S. Paulo" já havia indicado a existência de um "gabinete paralelo" de pastores que controlaria verbas e agenda do Ministério da Educação.

Os pastores a que o ministro se refere no áudio são Gilmar Santos e Arilton Moura. Apesar de não possuírem cargo no governo, eles participaram de diversas reuniões com autoridades nos últimos anos.




*Varela Net

Nenhum comentário