Novidades

 


Previsão de mau tempo em Salvador segue até a sexta


O feriado de Páscoa foi de muita chuva em Salvador e na faixa litorânea da Bahia. A Marinha do Brasil chegou a emitir alerta de mau tempo, com ventos fortes de até 60 km/h (33 nós), para as noites de sábado (16) e domingo (17) com a intensificação dos ventos atingindo do norte de Caravelas ao sul da capital baiana. De acordo com o Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme da Defesa Civil de Salvador (Cemadec). A previsão é de que o mau tempo prossiga até a próxima sexta-feira ,22, as chuvas são em decorrência de uma frente fria vinda da região Sudeste.

Em consequência do mau tempo, há risco para alagamentos e deslizamentos de terra. A prefeitura de Salvador informou que o Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil (SMPDC) está em alerta e apto para atender às demandas solicitadas pela população da capital baiana. De acordo com a última previsão do órgão, a tendência é de que as chuvas continuem até sexta-feira (22), reduzindo gradativamente de intensidade.

Ainda de acordo com a prefeitura, os moradores de regiões com mais chances de inundações devem manter-se informados sobre as condições meteorológicas. Além de outras, como atenção com o descarte correto do lixo, proteção de documentos e objetos de valor, além da limpeza de telhados, calhas, condutores e canaletas para evitar entupimentos.

“Diversas localidades com muita chuva desde as 4 horas da madrugada de domingo, o que gera preocupação às comunidades que são vulneráveis a escorregamento de terras e deslizamentos. Para as comunidades que estão em áreas de risco, nossa orientação é que mantenham a calma e sigam os alertas da Defesa Civil, encaminhadas por SMS e pelas sirenes. Caso necessário deixem imediatamente suas casas, dirigindo-se às unidades de acolhimentos previamente estabelecidas nos treinamentos dos simulados de evacuação de área". A defesa Civil somos todos nós”, indica o diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macêdo.

O órgão municipal também alerta para o desligamento da chave geral de energia das casas e dos registros de entrada de água e gás, em caso de necessidade. Além do 199, em caso de emergências é possível ligar para o Corpo de Bombeiros, no número 193. As ligações são gratuitas. Por conta das chuvas, a Codesal permanece de plantão ao longo das 24 horas do dia. Os cidadãos também podem receber os boletins de alerta da Codesal pelo celular. Basta enviar um SMS com o número do CEP de residência para 40199. O serviço é gratuito.

Os moradores de regiões propensas a inundações devem manter-se informados sobre as condições meteorológicas. O lixo deve ser retirado e colocado em áreas não sujeitas a enchentes. Os documentos e objetos de valor devem ser acondicionados em um saco plástico fechado e em local protegido. É necessário limpar o telhado, calhas, condutores e canaletas para evitar entupimentos. Ao primeiro sinal de chuva forte, colocar os móveis, eletrodomésticos e demais objetos em lugares altos. É necessário também desligar aparelhos elétricos e eletrônicos e a chave geral da casa, além de fechar os registros de entrada de água e de gás.

Até o fechamento desta matéria, os maiores acumulados de chuvas no período de 24h foram registrados nos bairros de Mirante de Periperi (106,2mm), Itacaranha (98,8mm), Chapada do Rio Vermelho (94,4mm), Barbalho (88,2mm), Fazenda Coutos (87,4mm) e Capelinha - Vila Picasso (83,6mm).

Segundo a Defesa Civil, pelo período da manhã de domingo, 17, no bairro Sete de Abril uma árvore caiu. Por causa da queda da árvore, parte do alambrado de um campo de futebol foi danificado e o asfalto do local ficou suspenso. Foram registradas ainda, quatro ameaças de deslizamentos, três delas na região da Liberdade e uma em Brotas. Não há registro de feridos.

A Operação Chuva 2022, período que engloba a estação mais chuvosa em Salvador, entre abril e junho, foi iniciada oficialmente desde a última quinta-feira (07). Conduzida pela Defesa Civil de Salvador (Codesal), esta Operação envolve um conjunto de obras e ações voltadas a desenvolver ações preventivas com a colaboração dos diversos órgãos da administração municipal integrantes do SMPDC.



*Tribuna da Bahia

Nenhum comentário