Novidades

 


Vereador tem carro incendiado e acusa atentado por denúncias de "contratação ilegal" na Prefeitura



O vereador do município de Filadélfia, Misael Alves dos Santos Silva, conhecido como Misa do Esporte, teve seu veículo incendiado na madrugada desta segunda-feira (6). Ele acusa afirma ter sido um atentado “por ter feito uma denúncia de contratação irregular por parte da secretaria municipal de Saúde”.

O parlamentar prestou queixa do ocorrido nesta segunda-feira (06), na delegacia de polícia do município, através do Boletim de Ocorrência (BO) nº 314432/2022.

Em pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal da cidade de Filadélfia, no dia 19 de maio, e em ofício à Promotoria de Justiça da Comarca de Pindobaçu, em 25 de maio, Misa do Esporte afirma que a Secretaria municipal de Saúde contratou de forma irregular a esposa do presidente da Câmara, Laílson Miranda do Nascimento. A nomeada em questão, Maria Isabel Pires de Azevedo, é funcionária concursada da Câmara Municipal.


De acordo com o vereador, a contratação configura um caso de nepotismo. Além disso, salvo em casos de professores, é proibida a dupla nomeação de qualquer cidadão de órgão público no país.

Segundo o termo de declaração da Promotoria, o vereador afirmou que Maria Isabel está lotada como auxiliar administrativa na Câmara local, mas não exerce o cargo e o pagamento do salário é realizado mensalmente.

O parlamentar disse ainda que Maria Isabel é filha do vereador Francisco Lopes de Azevedo.


Proteção Policial

Misa do Esporte encaminhou à Secretaria de Segurança Pública do Estado um pedido de proteção policial, pois, de acordo com ele, está sofrendo "ameaça de morte pelo vereador Laílson Miranda do Nascimento".

“Peço celeridade na investigação e solicito proteção judicial no reforço da minha segurança e da minha família para que eu possa desenvolver minhas atividades como parlamentar em Filadélfia”, disse.

Nenhum comentário