Novidades

 


Câmara pede prisão de Danilo Gentili ao STF após ele sugerir agressão a deputados


O apresentador Danilo Gentili pode ser preso a qualquer momento, caso um pedido da Câmara dos Deputados, enviado ao Supremo Tribunal Federal, seja acatado.

O pedido de prisão ao apresentador é feito após Gentili usar as redes sociais para sugerir que a população invadisse a Câmara e agredisse os deputados presentes.

“Eu só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”, escreveu Danilo.

Tempo depois a mensagem foi apagada. O coordenador da ação, deputado Luis Tibé (Avante-MG) citou o caso do deputado Daniel Silveira, preso por fazer ameaças ao STF.

“Não podemos ter uma sociedade e uma Democracia com pesos e duas medidas. Se o Supremo Tribunal Federal, sabiamente, estabeleceu um limite para a livre manifestação do pensamento que é o respeito à integridade das instituições democráticas – princípio que a Câmara dos Deputados acolheu com margem de 364 votos – a Justiça brasileira não pode permitir que ninguém faça a incitação de ‘socar’ deputados”, disse Tibé, em nota à imprensa.

Em seu Twitter, Danilo Gentili afirmou que foi alvo de críticas justas por alguns deputados. Ele não citou a ação.

“Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”, escreveu o apresentador.



*Varela Notícias

Nenhum comentário