Novidades

 


Chuva forte: Salvador entra em nível de alerta máximo para deslizamentos

A semana em Salvador começou com chuva. A cidade amanheceu desde a segunda-feira (25) debaixo de chuva. E nesta terça-feira (26) não foi diferente. O tempo frio e céu nublado, que são características da estação mais fria do ano: o inverno, deu as caras novamente no auge da primavera, transformando os dias da capital baiana em dias frios e com muita chuva.

O mau tempo tem causado transtornos em diversos pontos da cidade. A Defesa Civil do Salvador (Codesal) emitiu nota às 8h45 desta terça dando alerta de continuidade de chuvas fracas a moderadas, podendo ocasionar alagamentos e possiveis deslizamentos de terra.

"Houve mudança para nível de alerta máximo devido a notificação de risco muito alto para deslizamento e continuidade de chuva forte próximas horas", afirmou o Diretor-geral da Defesa Civil, Sosthenes de Macêdo

Somente até o meio da tarde de ontem, cerca de 40 ocorrências foram registradas no sistema da Codesal.

Em alguns pontos da cidade, é possível notar locais alagados, por conta do acúmulo de água e trânsito lento. Na Avenida Cardeal da Silva, a água acumulada sobre o viaduto de ligação para a Federação. Há pontos de alagamento por exemplo na Calçada, Cidade Baixa, Avenida ACM. 

Na Avenida Centenário, no trecho que compreende o Shopping Barra e o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR) alguns carros pararam na via quando tentavam atravessar poças d'água no sentivo Vale dos Barris. Por conta disso, formou-se um extenso engarrafamento e alguns motoristas prefiriram retornar trafegando pelo canteiro-central - a via oposta, tomanda pela água que escoava dos viadutos do entorno - estava tomada por água e era evitada pelos motoristas. O CORREIO passou cerca de 20 minutos até conseguir retornar pelo canteiro-central.

De acordo com o diretor geral Cosesal, até o início desta manhã nenhuma chamada de ocorrência registrada foi registrada no telefone 199. 

No entanto, embora nao tenha sido registrada nenhuma ocorrência no inicio desta manhã, a Codesal segue alertando para a continuidade de chuvas fracas a moderadas, com possibilidades de ocasionar alagamentos e possíveis deslizamentos de terra.



*Correio da Bahia

Nenhum comentário