Novidades

Sem abastecimento de água, moradora recebe fatura de R$ 3 mil

Maria Helena, moradora da Rua Porto Alegre, no bairro de Tancredo Neves, está com o fornecimento de água irregular há 3 meses na casa onde vive. Mesmo sem o serviço, ela conta que, em novembro, recebeu uma fatura no valor de R$ 3 mil.

A dona de casa, que mora sozinha no imóvel, relata que, mensalmente, costumava pagar entre R$ 45 e R$ 50 na conta de água. A situação começou a piorar no mês de outubro, com uma fatura no valor de R$ 307. Ela chegou a comprar um hidrômetro novo, mas continuou com a falta de água e o recebimento da conta em valores maiores do que o habitual.

Por meio de nota, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que o hidrômetro do imóvel de Maria Helena está medindo corretamente o consumo de água. Para resolver o problema, foi marcada uma visita na casa dela para quarta-feira (20).

Segundo outros moradores na Rua Porto Alegre, desde o dia 26 de agosto que eles estão com problemas no abastecimento, e, quando a água caí, além de ser durante a madrugada, a quantidade é pouca, insuficiente para abastecer os tanques de água das casas.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário