Novidades

Prefeitura de Simões Filho declara situação de emergência e adota novas medidas de combate ao Coronavírus

A Prefeitura de Simões Filho declarou situação de emergência e adotou novas medidas, por meio dos decretos n 175 e 181/2020, que visam preservar a saúde dos moradores do município e auxiliar no combate ao Coronavírus.

Segundo os documentos assinados na sexta-feira (20), definiu-se que o funcionamento do Mercado Municipal e demais centros comerciais administrados pela Prefeitura ficam suspensos a partir desta segunda-feira (23).

Também fica suspenso, a partir da data do decreto e pelo prazo de 15 dias corridos, o funcionamento de bares e casas de shows localizadas às margens das rodovias da BR-324, BA 093 E BA 539, no âmbito do território de Simões Filho. Os proprietários, gerentes ou administradores dos estabelecimentos mencionados que desrespeitarem a determinação, serão autuados pelas autoridades fiscalizadoras (Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Secretaria de Ordem Pública e demais autoridades competentes), podendo ter licenças suspensas e até serem denunciados ao ministério público.

Quanto aos estabelecimentos comerciais das demais localidades de Simões Filho, fica a recomendação de suspensão total ou parcial das atividades.

Está suspensa as atividades das seguintes secretarias: Secretaria de Habitação, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e Secretaria de Cultura. Já os atendimentos da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres segue acontecendo, mediante canal de atendimento telefônico, através do número (71) 98546-5591. Demais secretarias seguem funcionando com atendimento externo até 12h.

O poder público municipal segue trabalhando no enfrentamento ao Covid-19. Todas as equipes estão capacitadas e a postos para iniciar a investigação de qualquer caso suspeito que venha surgir. Uma unidade com leitos de retaguarda para pacientes sintomáticos respiratórios com maior gravidade será implantada, e ações de conscientização e prevenção estão acontecendo em pontos estratégicos.

Nenhum comentário