Novidades

Bellintani descarta assumir cargo público se não disputar reeleição no fim do ano


Em seu último ano de gestão à frente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani descarta a possibilidade de sair da agremiação para assumir um cargo público. Ao bahia.ba, o dirigente afirma que, caso não dispute a reeleição, será para cuidar de seus negócios na iniciativa privada.

Ele diz ainda que “é cedo” para começar a discutir o processo eleitoral no Bahia, que acontecerá no fim de 2020.

“Se eu não disputar a eleição no fim do ano, nesse momento eu não trocaria minha hipótese de reeleição para assumir um cargo público. No futuro, a gente não sabe, mas se eu não disputar, eu preciso voltar para cuidar de minhas coisas, de meus negócios. São oito anos fora de meus negócios. Houve aquela hipótese de ser candidato a prefeito e eu não quis. Mas isso é algo para se discutir mais pra frente”, argumenta.

Bellintani defende ainda que o momento é de focar na administração do tricolor e “recuperar” o clube. “A gente está focado na recuperação do clube. Eu tenho que ter muita responsabilidade, porque esse processo eleitoral, se o dirigente tem muito ego, ele quer deflagrar logo. Eu não vou fazer isso. O momento é de focar na gestão. Deixa a política do clube um pouco de lado, Vamos fazer isso no final do ano com muito equilíbrio. Vamos focar no clube agora, temos uma dificuldade muito grande. O clube está praticamente sem receita. Mas vamos conseguir superar”, completa.


*Bahia.Ba

Nenhum comentário