Novidades

Polícia encontra 300 quilos de maconha em caixões que seriam de vítimas de Covid-19


Cerca de 300 quilos de maconha estavam em dois caixões funerários, que seriam de supostas vítimas de coronavírus. Os caixões teriam saído da cidade de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, na fronteira de MS com o Paraguai.

Segundo os policiais, eles faziam fiscalização na rodovia quando pararam o carro da funerária de uma cidade goiana. O motorista, de 22 anos, disse que estava transportando dois corpos de vítimas de covid-19 que tinham morrido em Ponta Porã. Os caixões estavam lacrados com plástico. De acordo com o traficante, para evitar o contágio por coronavírus, eles não poderiam ser abertos.

A equipe solicitou a documentação necessária para o transporte dos corpos, mas o condutor disse que não possuia. Os agentes estranharam a falta de certidões e disseram que o motorista dava "informações desencontradas", o que fez a polícia abrir os caixões.

O motorista foi levado juntamente com a droga e autuado em flagrante por tráfico de entorpecente, para a Delegacia de Polícia local.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário