Novidades

Anvisa decide proibir venda de cloroquina e ivermectina sem receita


A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu proibir que farmácias vendam cloroquina, hidroxicloroquina, nitazoxanida e ivermectina sem que seja apresentada receita solicitada por um médico.

Por meio de decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (24), a lista poderá ser revista a qualquer momento para a inclusão de novos medicamentos, caso seja necessário.

Todas as orientações sobre o uso dos medicamentos estão na Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 405/2020. O objetivo da norma, segundo a Anvisa, é impedir a compra indiscriminada de medicamentos que têm sido amplamente divulgados como potencialmente benéficos no combate à infecção pelo novo coronavírus, embora ainda não existam estudos conclusivos sobre o uso desses fármacos para o tratamento da doença.

A medida visa também manter os estoques destinados aos pacientes que já têm indicação médica para uso desses produtos, uma vez que os medicamentos que constam na resolução também são usados no tratamento de outras doenças, como a malária (cloroquina e hidroxicloroquina); artrite reumatoide, lúpus e outras (hidroxicloroquina); doenças parasitárias (nitazoxanida) e tratamento de infecções parasitárias (ivermectina).



*Bahia.Ba

Nenhum comentário