Novidades

Qual será o valor do Renda Brasil? Programa vai substituir o Bolsa Família


O programa Bolsa Família será substituído pelo Renda Brasil, de acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes. O novo projeto do governo federal deve ainda unificar diversos programas sociais como o Seguro Defeso e o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Guedes declarou que o Renda Brasil irá aproveitar a base de dados do Auxílio Emergencial para seleção dos futuros beneficiários. De forma que aqueles que estão inscritos no Bolsa Família e também os cidadãos que fazem parte da população mais vulnerável financeiramente e estão recebendo o auxílio emergencial vão ter direito ao novo benefício.
Qual será o valor do Renda Brasil?

De acordo com o governo, o Renda Brasil prevê o pagamento de valores entre R$ 200 e R$ 300 mensais. O programa deve começar a ser implantado após o encerramento do auxílio emergencial, a expectativa é que isso aconteça em outubro, já contando com as prorrogações do auxílio.

No mês de maio, Guedes já havia comentado sobre os planos do governo para lançar o novo programa assistencial, que tem o objetivo de ser a marca da gestão de Bolsonaro para a área social. O Bolsa Família foi um projeto desenvolvido durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Guedes afirmou que cerca de 38 milhões de pessoas que estão cadastradas no auxílio emergencial poderão receber o Renda Brasil. A previsão é que aconteça uma ampliação do Bolsa Família para trabalhadores informais, ambulantes, diarista e de outras categorias que não possuem carteira assinada.
Quarta, quinta e sexta parcelas do auxílio

Além do Renda Brasil, na quinta-feira,25, o presidente Jair Bolsonaro anunciou uma novidade, em live junto ao ministro da Economia, Paulo Guedes, ele propôs a que o Auxílio Emergencial seja prorrogado em mais três parcelas que vão somar o valor de R$ 1.200.

De acordo com Bolsonaro, o governo está estudando a possibilidade de pagar a quarta, quinta e sexta parcelas nos valores respectivos de R$ 500, R$ 400 e R$ 300. ” Vamos partir para uma adequação. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300″, disse.


*Concursos Brasil



Nenhum comentário