Novidades

Receita paga restituição do IRPF 2020 no último dia útil de julho; veja quem vai receber


Neste ano, a Receita Federal reduziu de sete para cinco o número de lotes de restituição do IRPF 2020. Sendo assim, aqueles que vão receber de volta uma parte do imposto pago terão acesso ao dinheiro mais cedo

O primeiro lote da restituição já foi pago em 29 de maio, já o segundo foi em 30 de junho e os outros serão pagos mês a mês até setembro. Antes, a restituição era paga até dezembro.

Os lotes podem ser consultado uma semana antes da data de pagamento. Para saber se foi liberado, o contribuinte deve entrar no site da Receita, com o seu CPF e a sua data de nascimento para verificar se o seu pagamento está ou não no próximo lote.

Também é possível obter informações no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), serviço Restituição e Compensação, item Restituição do IRPF, opção Extrato de Processamento da DIRPF.

Calendário de pagamento da restituição do IRPF 2020

1º lote: 29/05/2020 
2º lote: 30/06/2020 
3º lote: 31/07/2020 
4º lote: 31/08/2020 
5º lote: 30/09/2020

No primeiro lote receberam prioritariamente os idosos a partir de 60 anos, pessoas com deficiência e também professores, desde que o magistério seja sua maior fonte de renda.

Já do segundo lote em diante, a liberação é feita de acordo com a data em que o contribuinte enviou a sua declaração.

Caso o cidadão precise fazer uma correção de alguma informação e entregar uma declaração retificadora, passa a valer a data de envio da retificação. Sendo assim, ele vai para o fim da fila da restituição.

O crédito da restituição do IRPF 2020 será efetuado em conta corrente ou de poupança em nome do próprio beneficiário do pagamento.

A Receita Federal informa que não é possível receber o valor da restituição em conta de terceiros, nem em conta-salário, mesmo que essa seja do contribuinte.

Os dados bancários da conta que o dinheiro será depositado são informados pelo contribuinte antes de finalizar a declaração do Imposto de Renda.

Se for necessário alterar a conta bancária, o contribuinte tem três opções:

Acessar o portal e-CAC
Aguardar liberação da restituição para então informar a nova conta na Central de Atendimento do Banco do Brasil ou em uma agência.


*Terra

Nenhum comentário