Novidades

Futuro de Ronaldinho e Assis será definido em duas semanas


Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Roberto de Assis, terão uma audiência preliminar com juiz paraguaio Gustavo Amarilla, no dia 24 de agosto, para decidir o futuro dois irmãos ex-jogadores. Os dois estão detidos preventivamente desde o começo de março, após entrarem no país com documentos paraguaios adulterados.

A informação foi confirmada ao G1 pelo advogado de defesa dos irmãos, Sérgio Queiroz, nesta segunda-feira (10). Na sexta-feira (7), o Ministério Público paraguaio pediu a suspensão condicional do processo após concluir investigações. Os promotores averiguraram participação em outros crimes, mas não ofereceram denúncia nova.

No documento apresentado na sexta-feira, os promotores permitem o retorno dos dois ao Brasil, mas sugere algumas exigências, como como o pagamento de US$ 200 mil dólares em multa, que seriam US$ 90 mil pagos por Ronaldinho e 110 mil por Assis.

Se a Justiça atacar o pedido, após o prazo legal, o processo será arquivado e os dois terão a liberdade. A fiança paga para que Ronaldinho e Assis ficassem em prisão domiciliar – de US$ 1,6 milhões -seria devolvida, descontando a multa.


*Bahia.Ba

Nenhum comentário