Novidades

Queda de braço continua e morador paga caro na tarifa do transporte em Simões Filho


A queda de braço entre a Cooperativa de Transporte Alternativo de Simões Filho (Cootasf) e a Prefeitura de Simões Filho continua. 

Na última segunda-feira  (5), os moradores acordaram e tomaram um grande susto com o valor da passagem.

A tarifa saiu de R$ 2,50 para R$ 3,10 causando um grande desconforto na população.


"Há quatro anos que estamos sofrendo sem reajuste, os nossos permissionários precisam respirar, os clandestinos tomaram conta da cidade e a fiscalização da prefeitura não agiu da forma que deveria agir", afirmou Pedro dos Santos presidente da cooperativa.


A nossa equipe ouviu também o Secretário de Mobilidade Urbana Reginaldo Souza, que se pronunciou sobre o assunto.


"Já temos informação sobre o aumento da tarifa, o nosso jurídico já está avaliando todo o processo. Quero dizer a nossa população que esse aumento é ilegal e não tem nenhum fundamento, estamos aguardando o posicionamento do nosso jurídico", pontuou o gestor da pasta.



Por Ataíde Barbosa 


Nenhum comentário