Novidades

 


Prefeitura detalha protocolos para a volta às aulas em Salvador


A três dias para a retomada da Educação em Salvador, o prefeito Bruno Reis divulgou nesta sexta-feira (30), os protocolos sanitários que serão adotados na volta às aulas em Salvador, que ocorrerão de forma semipresencial tanto na rede municipal quanto na privada, na segunda-feira (3).

Dea cordo com o anúncio, feito durante a inauguração do novo Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Raul Queiroz, em São Cristóvão, o ano letivo será de 256 dias, divididos em quatro unidades. As escolas irão funcionar de segunda a sexta e os alunos vão comparecer em dias alternados. No dia em que os estudantes não tiverem aula presencial, haverá aulas on-line e pela TV, além de estudos dirigidos e atividades impressas.

Há ainda uma série de protocolos específicos para impedir a disseminação da Covid-19 na sala de aula, incluindo distanciamento mínimo de 1,5m entre as carteiras; para áreas comuns, com marcação de chão para bebedouros, banheiros e acesso aos refeitórios; para bebedouros, proibindo o uso do esguicho e adotando o uso de copos descartáveis ou individuais para consumo de água; para refeitórios/alimentação escolar, com redução do número de alunos por mesa, separando-os adequadamente, ou, caso não seja possível, será servida a merenda individualmente na sala de aula.

Outras mudanças de rotina e espaços físicos dentro das escolas envolvem regras para uso de elevadores, transporte escolar, prestadores de serviço, recebimento de encomendas e eventos escolares. Conforme o plano elaborado para volta das atividades de classe, serão autorizadas a entrada dos alunos com fardas e com uso obrigatório de máscaras (exceto os que possuem autismo). Haverá ainda medição de temperatura dos colaboradores, prestadores de serviço e estudantes na chegada às unidades de ensino, bem como higienização das mãos com água potável e sabão ou com álcool 70%.




*Metro1

Nenhum comentário